pt Português
ar العربيةzh-CN 简体中文nl Nederlandsen Englishfr Françaisde Deutschit Italianopt Portuguêsru Русскийes Español

COVID-19 BRASIL

Monitoramento e análises da situação do Coronavírus no Brasil.


A INICIATIVA

Somos uma equipe de cientistas independentes e voluntários de várias instituições brasileiras de pesquisa, bastante motivados em contribuir para o controle do surto de coronavírus que se instalou no BRASIL, a partir do monitoramento em tempo real dos dados fornecidos por fontes oficiais sobre a propagação do vírus no país. Além disso, vamos utilizar ferramentas de análise cientificamente embasadas de maneira a auxiliar gestores, autoridades e a população de uma maneira geral, no enfrentamento desta verdadeira GUERRA contra o COVID-19.

APOIE NOSSA INICIATIVA E NOS AJUDE A MANTER ESSE TRABALHO

MOTIVAÇÃO

Diferentemente do que vem sendo apresentado, nossa motivação e estratégia é apresentar e analisar os dados de evolução da doença, desagregados por município, e assim, realizar inferências para os estados brasileiros e para o BRASIL de modo geral.
É nossa intenção, a partir das análises feitas com dados reais, criar modelos matemáticos e de simulação para poder auxiliar no planejamento e execução de políticas públicas de enfrentamento do surto do COVID-19.


CONTEXTO E PRESSUPOSTOS

Particularmente, lidaremos com a avaliação de duas estratégias de enfrentamento do surto que têm sido discutidas atualmente:

  • Mitigação: aceitar que não se pode deter o coronavírus e, portanto, diminuir sua propagação e evitar ao máximo casos de contágio que fariam colapsar o sistema público de saúde. Essa era a estratégia do governo britânico até 16 de Março de 2020.
  • Supressão: romper as cadeias de transmissão, com o intuito de efetivamente deter a epidemia e reduzir os casos ao menor número possível, como foi feito na China.

Dessa maneira é importante avaliar, em cada situação epidemiológica de cada município, o efeito das estratégias e medidas tomadas a partir da análise e simulação dessas estratégias.
A doença tem um componente de disseminação local a partir dos contatos entre pessoas (nos municípios). Portanto, é importante que as medidas tomadas e avaliadas efetivamente sejam referentes aos municípios.
Além disso, um fator importante que deve ser levado em consideração, na análise de dados e nos modelos, de uma maneira geral, é a mobilidade das pessoas nas cidades e entre as cidades.


SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS
APOIO